sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Carta ao Pai Natal


ou ao Papai Noel ou a Santa, em Portugal, com perto de meio milhão de crianças com menos de sete anos, a maioria escreve pelo menos uma vez.
Escrever cartas ao Pai Natal é positivo porque esta actividade enriquece a inspiração das crianças. “A imaginação é um suporte da inteligência e deve ser estimulada.”

Sobre o momento em que a criança deve ser informada da inexistência do Pai Natal, um neuropsicólogo defende que deve ocorrer pelos seis anos, de preferência na troca de impressões entre crianças. “Mas o Pai Natal continuará, pela experiência obtida de fraternidade, amizade e alegria.”

Escrever para o Pai Natal é fácil. Para isso basta uma folha, uma caneta e um envelope. A morada é igualmente simples – ‘Pai Natal dos Correios’ – e para enviar a carta não é necessário selo. Basta dirigir-se a um marco dos correios. Importante é colocar a morada correcta do menin@ que escreveu, (essa tarefa de escrever cabe normalmente aos pais).

@s menin@s (@ = o ou a) agora usam a internet e podem até falar com o pai natal pelo msn (em directo) se adicionarem northpole@live.com no msn messenger.


O vídeo em baixo é só para maiores de 8 ou assim.. já é antigo mas está na epoca.


E vocês (Nós) algum alguma vez lhe escreveu? e desejos para este e para o próximo ano ...

e desculpem lá mais um post(pseudo)infantil ;)

2 comentários:

fi disse...

Vou escrever pois ainda acredito no Pai Natal!

duARTEE disse...

O QUÊ !!!! não me digam que não existe ?