segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Ilha de S. Miguel

Numa brochura vi "A viagem de sonho em plena natureza" cujo o destino era a ilha dos Açores mais propriamente a ilha de S. Miguel. Nessa brochura apelava-se muito ao contacto com a natureza, aconselhando os viajantes a fazerem longos passeios pelas serras e verificarem como as vacas pastam em plena liberdade. Após isso vejo as imagens muito elucidativas. Reparem bem como "as vacas pastam em liberdade" se não estivessem presas por uma pata........!!!!!

Que bela forma de promover o turismo, não!!!???!!!

4 comentários:

Anónimo disse...

tadinha

autor da brochura disse...

cara "fi" será este o nome ?

a brochura em causa está muito bem
elaborada, tanto gráficamente como a informação nela contida é fidedigna.
A corda a prender a perna da vaca deve-se ao facto das mesmas terem tendências suicidas, segundo uma fonte proxima, as vacas na ilha em questão atiram-se pelas encostas a baixo sendo a taxa de mortalidade elevada ainda assim não superior ao nº de atropelamentos ai no continente
Posto isto, cara bloger, aconselho-a a reflectir melhor, a fazer alguma pesquisa, antes de vilupendiar o trabalho alheio.
bem haja

fi disse...

Ó meu caro autor da brochura, estimo muito que frequente este blog, quiça poderá ter uma rubrica semanal, para nos elucidar de outros destinos paradisiacos, mas contudo poderia aqui criticar esta sua informação sobre vários aspectos, mas sendo eu muito simpática e sim sou a "fi", apenas lhe digo que a palavra liberdade não se conjuga com a perna presa. Se as vacas estão presas então não estão em liberdade e já agora se têm tendências suicidas: 1º é melhor arranjar-lhes uma psicóloga animal para tentar compreender o porquê; 2º Sitio paradisiaco?? como se as vacas só se querem atirar pela enconsta abaixo, será que os humanos que por lá passam tb sentem os mesmos efeitos??? Penso que afinal é melhor ir ao Zoo onde, segundo a sua lógica, é um local onde os animais estão em liberdade (é que eles têm que estar na jaula pois se não ou fogem ou agridem os visitantes).
Espero que volte sempre!!!

analuE disse...

Tchi estás bonita, ai tás, tás...