quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Deixem-me trabalhar!

Mais um dia e o sol já brilha...Levanto-me faço o pequeno almoço para os ninos: torradinhas e leite com chocolate, o costume, enquanto comem assistem à bonecada do costume ao som dos meus gritos para que se (o gus) despache que já são horas de ir para a escola, que vai chegar atrasado, que amanhã não há mais bonecos, que....o costume. Depois de saírem ele e o pai, junto-me calmamente a tomar o meu pequeno almoço com o mais novo enquanto vemos o Noddy, e lá vou explicando a história não vá ele não perceber até que ele farto de me ouvir levanta-se num ápice e desliga a televisão, o costume. Nos dias que vai para a escola é a minha liberdade com deveres pendentes: ir às finanças, tratar da casa da mãe, ir ao banco e mais umas quantas secas que eu vou insistindo em apontar, como de costume, a fim de me responsabilizar mas que tem sido -hoje não é o dia, tenho que ir almoçar aqui ou ali, vou visitar alguém, ora porque está sol , ora porque chove, ora porque Não. Não quero, nem sequer me apetece e não me quero forçar a nada eu Mereço esta folga de algumas coisas desinteressantes. Seguem-se as compras para o jantar, o ir buscar as criaturas à escola, os trabalhos de casa, a janta e a deita UFA! O costume todos os dias. E não trabalho??!! O que eu mais quero é voltar a trabalhar.


2 comentários:

fi disse...

Bem Vinda, é para quando?

duARTEE disse...

se quiseres arranja-se qualquer coisa