quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

O Fumo

02.01.2008 - Anónimo, LISBOA
A proibição de fumar em locais fechados está levantar uma onda de protestos que era de esperar, dada a mentalidade de uma parte dos fumadores. Já ouvi argumentos de todos os géneros, alguns perfeitamente absurdos. Um deles, é o de que o acto de fumar é uma questão de democracia. Isto é, o fumador tem o direito de envenenar com substâncias comprovadamento cancerígenas, o seu vizinho do lado. A ideia de deixar aos proprietários desses locais a decisão de proibir ou não, é no minimo ingénua, para não lhe chamar outra coisa; todos sabemos o que se iria passar. Só espero que o governo, com esta maioria que lhe permite fazer tudo o que lhe apetece (bom ou mau) use essa força para fazer cumprir a lei.

02.01.2008– Anónimo, Barcelos
Mais nada!!! A lei é para cumprir a bem da saúde de quem não tem culpa dos vicios dos outros!! O tabaco devia era custar 10 euros o maço!! Agora é que eu me rio dos viciados do fumo que durante anos pensaram que os pulmões dos outros tambem eram deles!! Agora acabou meus lindos.. Devia ainda ser mais restritiva!! Mas lá chegaremos.

02.01.2008 - Anónimo, LISBOA
E o senhor Antonio Nunes, Inspector Geral da ASAE, que foi visto e fotografado a fumar no Casino Estoril, publicamente e já com a lei em vigor, já foi autoado, JÁ FOI DESTITUÍDO? Ou, todos nós, como ele, estamos também dispensados de cumprir a lei? O PAÍS QUER SABER!!!

02.01.2008 - Anónimo, Porto
Para quem tem memória curta, relembro que dos seus e dos meus impostos sai o dinheiro para subsidiar a trocar de seringas, DENTRO DAS PRISÕES. Ninguem se questiona como é que a droga lá chega, quem ganha com isso ... Tadinhos são toxicodepentes ... E não me venham com o argumento de mer.. que não faz mal aos outros, o drogadito só se prejudica a si mesmo. É por isso que está na prisão, que está cheia de gajos porreiros com azar na vida (já não se pode fazer uns assaltozitos e é-se logo apanhado c/direito a prisa). Acabem com a hipocrisia ! Deve ser o único País no mundo em que um toxicodependente está no topo da hierarquia, e um fumador é um criminoso a abater.


02.01.2008 - Anónimo, Oeiras
Sou fumador e já sentia ambiente pesado nos restaurantes em finais de 2007..., com os outros, os que não fumam e com o despeito de abutres a salivarem por apontar na certa data. 2008 cumpri, com mais ou menos
esforço, sentem-se os olhos alheios a vaguear nos caixotes, à só sacos e vazios...mas o ar continua pesado com a vontade de fumar.


3 comentários:

fi disse...

Pois é, agora fumar é só na rua, "ao ar livre" (é pena é o ar estar poluido com os gases dos automóveis, se calhar era tb bom proibir a circulação dos mesmos), mas se fores "representante" da ASAE podes fumar livremente no casino (lol)! jinhos.

Anónimo disse...

Sinto-me um criminoso, porque será? Porque fumo?

neorui disse...

"Há sempre falta de senso nas leis que querem mudar radicalmente os hábitos e os comportamentos das pessoas."
Carvalho, Manuel, Público, em 20080109