quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Para TI

Amo-te,
promete-me que não sais daqui,
sou nada mas completo de ti,
sou distante mas penso em nós,
falo de mim para te rires,
falo de ti como o único fuste da ponte
que nos dista dos encontros,
estou ali em carga constante,
elevo as massas com o teu pesar,
tatuado com teus beijos
lavo-me com o teu corpo,
adormeço na seda do teu olhar
reparo em mim num ponto
a virgula de ti que me faz continuar.

4 comentários:

duARTEE disse...

lavo-me com este texto

Eu disse...

Amo-te.

duARTEE disse...

quem a mim ???

TPS disse...

LOLOLOLOLOLOL