sexta-feira, 14 de março de 2008

No baú de outra trintona


Gustavo foi um menino muito desejado pela mãe e pelo pai. Quando era muito pequenininho vivia dentro da barriga da mãe e foi crescendo, crescendo... até que saiu para a vida numa noite no mês de Março. Quando nasceu chorava muito e tinha muito frio. Foi o dia mais feliz na vida dos pais que choraram de alegria ao ver o seu mais precioso tesouro.


1 comentário:

fi disse...

Que lindos, mas onde foste arranjar essas cabeleiras?